Sair do modo leitor

Teste AB: três coisas para saber antes de começar

Ferramentas, como os testes AB, são incríveis para nos ajudar a tomar decisões com base em dados e não em opiniões ou gostos pessoais.

Marketing Digital

Ferramentas, como os testes AB, são incríveis para nos ajudar a tomar decisões com base em dados e não em opiniões ou gostos pessoais. Um primeiro olhar pode dar a falsa impressão de que este é um instrumento muito simples, mas a real é que eles permitem experimentar.

O universo das empresas ágeis tem uma forte cultura de experimentação. Assim, neste artigo, vamos te explicar porque o teste AB é tão badalado. Além disso, vamos te mostrar três coisas que precisa saber antes de começar a rodar os seus testes!

O que é teste AB?

Um Teste AB é uma ferramenta para identificar, entre duas opções, qual a que funciona melhor. Pode ser medida usabilidade, o maior impacto de um anúncio, o modelo que mais gera retorno, entre tantas outras aplicações, sempre binárias. São lançadas versões com pequenas mudanças para que seja possível identificar se a maior conversão vem, por exemplo, do aplicativo que tem o menu em cima daquele outro com os botões embaixo. Ou do anúncio que usa a fonte branca daquele outro com as letras em amarelo.

Não é apenas uma medição de hipóteses, mas o símbolo de uma era onde a experimentação está na base dos negócios. Testar, medir e fazer os ajustes de maneira ágil são essenciais para decolar um negócio exponencial. Os dados norteiam as decisões e não o gosto pessoal do time de desenvolvimento.

Como esses testes começaram?


A ideia nasceu no Google. Para saber o efeito de alguma mudança no programa, a empresa passou a fazer testes AB: expunha parte de seu público a uma versão A e outra parte a uma versão B, depois media e comparava os resultados.

A prática não demorou a se espalhar. Amazon, Facebook, Microsoft, Apple — praticamente toda empresa que tem interface digital de relacionamento com os clientes (e hoje em dia quase todas têm) está em condições de fazer algo assim.

Ter métricas confiáveis é essencial pro experimento dar resultado. O importante é ter em mente sobretudo que, para poder medir com precisão, apenas um parâmetro pode ser mudado em cada teste. Como, por exemplo, colocar um título “o que é teste AB” e outro “teste AB o que é“.

Teste AB na prática

Mesmo para quem já está mais íntimo do universo do marketing digital, é normal ainda ter dúvidas de como utilizar o teste AB. Esse tipo de ferramenta pode ser aplicada em casos que exista a necessidade ou o potencial de otimizar alguma métrica importante para a empresa. Estamos falando de aberturas, cliques, acessos, geração de leads e por aí vai. Uma das vantagens de adotar os testes AB é que são inúmeros os canais de comunicação que você pode usar! Os mais comuns são:

É possível fazer um teste AB inclusive em meios offline. Por exemplo, colocar dois modelos de panfletos de papel idênticos com a foto principal diferente. Mas, para que funcione e seja realmente válido estatisticamente, é preciso ter um bom volume de acessos uma vez que a falta de volume pode levar a decisões prematuras e incorretas. E, finalmente, medir os resultados.

3 coisas que precisa saber antes de começar:

  1. Conheça o intervalo de confiança: a estatística nos dá uma maneira de quantificar a confiança que podemos ter em testes e é isso que chamamos de intervalo de confiança. Em vez de estimar o parâmetro por um único valor, é dado um intervalo de estimativas prováveis.
  2. Baseie sua decisão em dados relevantes: há sempre um elemento controle e um com alguma alteração que chamamos de experimento. A ideia é saber se o experimento funciona melhor em algum sentido. Informações incompletas ou em menor volume podem levar você a tomar uma decisão errada.
  3. Saiba o que testar: não é recomendado testar mais de um elemento por vez, já que desse jeito é impossível saber qual mudança foi responsável pelos resultados. Geralmente, testamos o título das páginas, botões de conversão, imagens ou vídeos, descrições de oferta, tamanho e campos do formulário, indicadores de confiabilidade e etc.

Deixe que os números falem

Um bom exemplo para mostrar que pequenas mudanças fazem diferença é como tirar o campo de telefone de contato de um formulário aumentou as conversões em 167%. Por isso, não deixe sua opinião prevalecer se estiver com dúvida sobre o impacto de qualquer detalhe, faça um teste AB e permita que os números falem. As possibilidades são enormes!